Conto da falésia

    Era uma vez uma falésia, escura e bela, frágil era,

    tão fragil que ao suspiro da voz ruía. Perdida estava no

    meio do escuro, quiçá à espera de ser encontrada,

    durante uma eternidade turbilhões de pensamentos

    subiam, desciam… Sem parar! A voz da solidão presente

    tenebrosamente ficava por entre as pedras que

    ruíam. Ficou ? Parou. Nao sentiu ? repetiu. Sentiu ? Não,

    vibrou e ruío. Triste fado esta falesia embraçava,

    nao podia morrer e muito menos viver, sentir não sentia,

    viver nao vivia, apenas tentava… desaparecer.

Anúncios
Published in: on Setembro 12, 2009 at 7:58 am  Comments (2)  

The URI to TrackBack this entry is: https://trickss.wordpress.com/2009/09/12/conto-da-falesia/trackback/

RSS feed for comments on this post.

2 comentáriosDeixe um comentário

  1. Tao profundo… 😀

    Amigo zé, nunca pensei q palavras tao bonitas saissem dentro de ti…
    Es grande, muito grande…

    Beijinhos*

  2. nao sabia que agora eras tao expressivo.devo dizer que passei aqui so para olhar, e sim senhora. surpreendeste me mais uma vez 😉
    Estou sem palavras, e penso que deves continuar, eu tambem sou pequena, e é de dentro de pessoas pequenas que saiem coisas bem grandes. nunca desistas de nada! a luta é a forma mais honesta que temos de quer alcançar alguma coisa.
    um beijinho*


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: