Citação de um Pensamento

O amor é sempre belo, mas só é grande quando sofre, perdoa ou tem saudades.

Published in: on Fevereiro 23, 2007 at 6:18 pm  Deixe um Comentário  

Carta de Amor!

carta-florsds.jpg

E tão lindo,
Poder pensar que existe
Alguém neste mundo para nos amar
Que, o mundo já não é só sofrimento
Que a vida é bela,
Mesmo que estejamos num canto sós
Presos nesta solidão,
Solidão imensa, que nos mantém agarrados como uma presa
Nas garras de um leão
Sem forças para escapar
Mas o amor de alguém por nós é que nos faz lutar
E liberta-nos sim
Desta prisão
É para ti amor que eu dedico esta canção
Não te esqueço, espero que não te esqueças de mim
Tudo aquilo que escrevo nesta carta é só para ti
Não te minto meu bem, essa é uma certeza
O amor carrego tempo, e transporto sem tristeza
Revelo, o que sinto não tenho medo de dizer
Espero que sejas a mulher para a qual eu tenha que morrer
Talvez ai eu possa nem saber, se o amor que existe entre nós dois é a valer
Tu sabes, também o sentes, também o dizes
Espero que o continues a dizer :

Eu te amo espero que gostes de mim desta forte maneira
Que gosto de ti
Quero te beijar sentir o teu abraço
Quero estar contigo só mais um bocado
Eu te amo não fujas de mim
Não quero ficar só, eu gosto de ti
Quero compartilhar contigo os bons e os maus momentos
Quero que tu sintas os meus pensamentos

É isso aí dama, quero sentir o teu corpo
O teu calor, sim junto do meu
O suor da paixão que nos une na cama
Espero que isto dure assim pela semana
Vida a inteira, não me importo, eu só quero saber
Se o amor que tu me mostras é o que te faz gemer,
Espero que sim caso contrário diz que não
Não quero viver mais uma falsa paixão,
Ilusão, frustração e ter que sofrer de novo
Não me quero sentir assim, porque já me senti
Não gostei o que passei
mas aquilo que te vou dizer
agora dama sei é bem

Eu te amo espero que gostes de mim desta forte maneira
Que eu sinto por ti
Sem medos sem lamentos, com esta forte paixão
Quero ser teu amor mas chama me irmão
Nas horas que precisas mais de um amigo
Nos momentos que o teu estado psicológico é mais critico, sou eu
Estou aqui, comigo podes contar
Mas aquilo que eu vou te pedir
Não deixas de me amar
À mar e mar, há ir e voltar
Mas também existe amor, para receber e dar
Aquilo que eu te dou a ti, dama
Não te esqueças de dar a mim

Eu te amo espero que gostes de mim desta forte maneira
Que gosto de ti
Quero te beijar sentir o teu abraço
quero estar contigo só mais um bocado
Eu te amo não fujas de mim
Não quero ficar só, eu gosto de ti
Quero compartilhar contigo os bons e os maus momentos
Quero que tu sintas, os meus pensamentos

Eu te amo espero que gostes de mim desta forte maneira
Que gosto de ti
Quero te beijar sentir o teu abraço
quero estar contigo só mais um bocado
Eu te amo não fujas de mim
Não quero ficar só, eu gosto de ti
Quero compartilhar contigo os bons e os maus momentos
Quero que tu sintas, os meus pensamentos
Eu te Amo…

Published in: on Fevereiro 11, 2007 at 2:22 pm  Comments (3)  

Eu tou Aqui… Boss Ac…

amizade.jpg

Não tenho muito mas o pouco que tenho é teu
se mais ninguém te ouvir
tu sabes quem te ouve sou eu
quando tiveres triste
com falta de um amigo
fecha os olhos
não temas porque eu vou estar aqui contigo
eu sei que pensas muitas vezes que queres fugir
eu sei que gritas e não tens ninguém pra te acudir
vida madrasta nada corre como a gente quer
tens de enfrentar o destino pro que der e vier
ao meu alcance faço tudo o que puder por ti
peço desculpas pelos erros sei que os cometi
não vou julgar-te porque também eu posso ser réu
não vou julgar-te porque quem te julga está no céu
quero que saibas que podes contar com o meu amparo
amizade pura é um sentimento cada vez mais raro
conto contigo para fazeres o que eu faço por ti
e quando nada correr bem eu estou aqui
se precisares de mim
eu estou aqui
quando quiseres falar
eu estou aqui
se te faltar um amigo
eu estou aqui
se precisares de alguem
eu estou aqui
Tantas as coisas que juntos fizemos
tu e eu
custa a crer
mas a verdade é que o tempo correu
nem sempre é facil
ás vezes frases magoam
sem deixar magoas
porque amigos são os que perdoam
é quando se vê
quem é amigo de quem
no mal e no bem
rodeado de gente sem nunca ter ninguém
alguem para falar
sempre pronto a escutar
a mão que se estende
a mão que te ajuda a levantar
que te corrige quando tu não sabes o que é certo
quem te dá água quando te perdes nalgum deserto
sempre por perto
sempre pronto para chorar ou rir
quem te conhece e sabe quando tu estás a mentir
não sou perfeito mas sabes que sou sincero
nunca te esqueças de mim
aqui é tudo o que eu quero
e espero que nada nem ninguem nos faça separar
conto contigo
comigo podes sempre contar
se precisares de mim
eu estou aqui
quando quiseres falar
eu estou aqui
se te faltar um amigo
eu estou aqui
se precisares de alguém
eu estou aqui
Esta é para ti…
a verdadeira amizade…
tu sabes quem és…
não tenho muito mas…
o pouco que tenho é teu…
a minha amizade sincera…
tu sabes quem és…

Published in: on Fevereiro 9, 2007 at 7:06 pm  Deixe um Comentário  

Saudade

272215196img.jpg

Ai! Tenho saudades do meu anjo, preciso dele ao meu lado para me ensinar a voar como a minha mae me ensinou a andar e como so ele sabe, tao bem! Preciso das asas, das caricias, dos beijos, preciso de sentir o vento na cara e preciso que me leias o pensamento! Ah esquece esquece esta parte… Todo o meu pensamento ja o sabes n é? Por isso sabes que eu te adoro, que me preocupo contigo, que tenho muitas saudades tuas e que estas sempre na minha mente enquanto esta for viva! Nao adianta escrever mais, torna se insignificante pois ja sabes o que vou escrever a seguir e a seguir e a seguir … Por isso fico a espera que me cales com um beijo… e com um beijo me despeço.

Published in: on Fevereiro 4, 2007 at 9:07 pm  Deixe um Comentário  

Para ti e só para ti com todo o carinho do Mundo…

Ao acordares de manhã escuta o que o canto dos pássaros tem para te dizer, observa o céu azul e a beleza do amanhecer, vê a vida como ela é, bela, linda, tão precisa como o avançar dos ponteiros de um relógio e tão doce como as asas de um anjo ou como o sabor dos teus lábios. Deixa te consumir pela beleza do tempo, levanta essa face cabisbaixa e pensa num futuro melhor, deixa o passado de lado, deixa chegar a tarde, deixa chegar o sol, deixa que eles nos oriente, deixa esta luz radiante entrar em ti, iluminar te, sê tu mesma, verdadeira, sincera, amiga, amorosa, romântica… Espera por mim… e pela noite… e por ela substitui a luz do sol pela magia da lua, pela paz das estrelas ao mesmo tempo, tão longe e tão perto.. e depois, depois de todos as tristezas, incertezas, sofrimentos e alegrias quando a balada das 24 horas tocar, eu Direi: Amo-te.

anjo.jpg

Published in: on Janeiro 23, 2007 at 4:31 pm  Comments (3)  

Insonia

insonia.jpg

Na cama deitada
oiço lá fora
a fúria da chuva
que cai…
Nuvens negras e opacas
ocultam a lua,
Dissimulam sua forma,
Apagam seu brilho,
Mas a sua magia
ainda a sinto
bem presente.
Acompanha-me a insónia,
Atrevida.
Vem sentar-se junto a mim,
fala-me de ti,
de tudo e de nada,
retendo a minha entrada
no mundo dos sonhos

Cerro os olhos,
na esperança do sonho.
Mas a insónia insiste,
faz-me sua refém.
Mesmo assim resisto,
quero entrar no teu sonho,
alcançar esse mundo
onde quase te sinto,
onde os beijos e desejos
são carícias,
onde os dedos afagam,
onde uma réstia de amor
preenche os vazios do peito,
onde os olhos
contam sonhos,
as bocas se calam
e só os corpos falam!

Published in: on Janeiro 22, 2007 at 6:07 pm  Deixe um Comentário  

!daS

Há muitos barcos para muitos portos, mas nenhum para a vida não doer, nem há desembarques onde se esqueça… Em dias de alma como hoje eu sinto bem, em toda a consciência do meu corpo , que sou a criança triste em que a vida bateu. Puseram me a um canto de onde se ouve brincar. Sinto nas mãos o brinquedo partido que me deram por ironia de lata. Hoje, dia 21 de Janeiro, às dez horas e quinze minutos da noite, a minha vida sabe a valer a isto…
Ardem me os olhos, de ter pensado em chorar. Dói me a vida aos poucos, a goles, por intersticíos.

Published in: on Janeiro 21, 2007 at 10:18 pm  Deixe um Comentário  

Sim, Não, Talvez…

Porque é que o mundo é tao cruel? Porque é que tem de haver sofrimento? Às vezes penso se um mundo sem sentimentos nao seria melhor, se eu fosse um cao ou um gato, nao viveria melhor do que sendo um mero ser humano. O universo tem milhares de milhoes de espaço. Porque é que nesses milhares de milhoes de espaço, existo eu? Aqui, perdido no meio de tudo e de nada, à procura de nada e de tudo? O universo tem destas coisas misteriosas, nao sabemos porque existimos, apenas existimos e temos de existir porque existimos devido a nossa existencia de ter de existir. Como existimos tambem existem os sentimentos, essas coisas que têm de tão bonito tantas virtudes como o simples facto de te dizerem, Adoro te como de tão feio e tao mau tantos defeitos ao dizerem te que nada tem sentido e essas coisas parecem estar tao longe e ao mesmo tempo estao tao perto. Dizem que o bem vence sempre o mal… Parece que o mal já faz parte de mim, do meu fado, que para ti, para ti correm, superfluas lágrimas apenas. Lágrimas duns olhos frios que sabem que nunca chegam a ti.

Published in: on Janeiro 21, 2007 at 4:35 pm  Deixe um Comentário  

Miragem

fot-art_335fn.jpg

Deito-me na cama quente
Sei que estás ausente
Vejo-te chegar impaciente
Mas mesmo assim embalo-me …
em teus braços
Nas tuas mãos tremulas de desejo…

Olho-te nos teus olhos
sinto o ardor das tuas mãos que me enlaçam
cada vez mais forte
cada vez mais perto
e neste momento incerto
feito de lembrança e desejo
Vagueio neste deserto de ti…

Dizes :” Sou miragem ”
eu digo-te : “Eu sei”

Published in: on Janeiro 19, 2007 at 7:01 pm  Comments (1)  

A minha imagem é a tua imagem…

anjo-feliz.jpg

Teu rosto, no meu rosto, descansado.
Meu corpo, no teu corpo, adormecido.
Bater de asas, tão longe, noutro tempo,
Sem relógio nem espaço proíbido.

Oh, que atónitos olhos nos contemplam,
Nos sorriem e nos dizem:Sossegai!
Românticos amantes, viajantes eternos,
Olham por nós na hora que se esvai!

Que música de prados e de fontes!
Que riso de águas vem para nos levar?
Meu rosto, no teu rosto de horizontes,
Contigo passava a noite sem respirar
Meu corpo, no teu corpo, a flutuar.
********, menina, és a fonte do meu olhar.

PS: Um poema especial, para um ser especial…

Published in: on Janeiro 15, 2007 at 9:07 pm  Comments (2)